Backup: O que é e como usar para garantir a recuperação de seus dados

Compartilhe

Se você está aqui é porque algum software ou aplicativo está recomendando que você faça backup dos seus dados. Isso significa que, devido ao espaço de armazenamento insuficiente ou quaisquer alterações que requeiram uma redefinição de fábrica, você precisa salvar as informações para usá-las novamente após fazer os ajustes. Veja alguns exemplos e como funciona.

Confira também:
OneDrive online: sete dicas para usar o armazenamento em nuvem
Backup Google Fotos: como visualizar fotos salvas na nuvem

backup o que é

Antes de começar a pôr as mãos na massa, vamos entender para que o processo serve

O que é backup?

Backup é uma cópia de segurança dos seus dados (informações) de um dispositivo de armazenamento (celulares, tablets, computadores) ou sistema (aplicativos, softwares e jogos) para outro ambiente para que esses mesmos dados possam ser restaurados em caso de perda dos dados originais ou que ocorra um acidente.

Bom, agora que você já sabe que backup nada mais é que uma cópia de segurança, pode imaginar que precisamos copiar essas informações para algum lugar… seguro.

Além de decidir qual lugar seguro será escolhido, é importante observar de que sistema se trata a cópia e como você pode fazer isso: usando mídia física ou nuvem.

Backup em mídia física

Como exemplos de mídias físicas e removíveis estão os discos rígidos externos (HDs), DVDs, CDs e pen drives. Você não deve fazer backup de arquivos de um computador, por exemplo, no mesmo HD em que o seu Windows está instalado.

Se optar por mídia física, armazene-a em um lugar seguro para evitar que pessoas não autorizadas tenham acesso aos arquivos. Você também pode considerar criptografar dados e fazê-lo com periodicidade para mantê-lo atualizado.

backup o que é

Backup na nuvem

A cópia de segurança na nuvem, também conhecida como cloud backup, leva seus dados para um servidor remoto, ao qual você pode acessar pela Internet. Basicamente, você usa o espaço de armazenamento de outro computador.

Há vários serviços de nuvem domésticos e gratuitos como Google Drive, Dropbox, iCloud, Box, OneDrive e outras soluções pagas e mais robustas para empresas. Dependendo do espaço que você precisar,  15 GB podem ser mais que suficientes.

É recomendável usar uma rede Wi-Fi ao fazer em nuvem, porque os arquivos consomem muitos dados móveis (se estiver usando um smartphone) e podem incorrer em custos adicionais ou, eventualmente, acabar com seu pacote de dados.

backup o que é

Um dos benefícios do armazenamento em nuvem de backups é o de poder acessar os seus arquivos a qualquer hora e em qualquer lugar, além de compartilhar arquivos com outras pessoas usando a facilidade de um link para fazer isso.

Backup do WhatsApp

No WhatsApp, você pode fazer uma cópia de segurança de conversas e arquivos de mídia para o Google Drive (Android) ou iCloud (iPhone) e transferi-los ao trocar de telefone. Esse backup pode ser atualizado periodicamente e automaticamente.

Backup de fotos e vídeos

A maneira mais simples de trabalhar com backup de fotos e vídeos no celular é usando o Google Fotos. Todas as fotos que você tira com a câmera do seu celular ficam salvas na sua conta do Google. Basta sincronizar e as alterações serão refletidas em todos os dispositivos. O armazenamento gratuito é ilimitado para fotos de “alta qualidade” de até 16 MP – as fotos são compactadas para economizar espaço. Se uma foto for maior que 16 MP, ela será redimensionada, o mesmo com vídeos com mais de 1080p).

Confira também:
OneDrive online: sete dicas para usar o armazenamento em nuvem
Backup Google Fotos: como visualizar fotos salvas na nuvem

Backup do Windows

Existem vários tipos de backups no Windows: 1) Backup manual: Você pode selecionar arquivos e configurações e transferi-los para mídia removível ou um local de rede; 2) usando o recurso “Transferência Fácil do Windows” para levar os mesmos dados para um computador diferente; 3) usar o “Centro de Backup e Restauração” em versões mais antigas (Windows 7 e Windows Vista); 4) ou o “Assistente para Transferência de Arquivos e Configurações” no Windows Server 2003/2000 e XP.

Backup do iPhone

Se você usa iOS, saiba que o backup fica armazenado no iCloud, o serviço de nuvem da Apple. Mas você também pode fazer backup do iPhone ou do iPad pelo iTunes. Manter a cópia é ideal se você quer se preparar para atualizar ou restaurar o aparelho.

Softwares de Backup

E os programas de fazer backup? Tanto para Windows quanto para macOS você vai encontrar softwares que auxiliam, além dos assistentes nativos de cada um desses sistemas operacionais. Mas o que eles fazem além de auxiliar no backup? Como diferencial e incremental, oferecem criptografia, automatização, agendamento, sincronização com nuvem e com vários dispositivos. Há versões pagas mais completas.
Aqui vai uma listinha rápida de quais deles você pode procurar:

  • AOMEI Backupper
  • Acronis Backup
  • Backup Maker
  • Cobian Backup
  • Comodo Backup
  • CrashPlan
  • O&O AutoBackup
  • Paragon Backup
  • PureSync
  • Uranium Backup

Seja qual for o backup que você precisa fazer, siga as instruções dos links de tutoriais e guarde cópia física ou em armazenamento em nuvem de todos seus os arquivos, evitando a perda dos arquivos originais e criando chance de recuperação dos dados. Uma ótima dica é trabalhar com backup automático e agendar cópias periódicas.

Confira também:
OneDrive online: sete dicas para usar o armazenamento em nuvem
Backup Google Fotos: como visualizar fotos salvas na nuvem

Compartilhe

Posts recentes

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.