Udemy é confiável? Confira como funciona site para fazer cursos online

Compartilhe

Udemy é uma plataforma de educação à distância (EAD) que oferece mais de 100 mil cursos on-line gratuitos e pagos com certificação. No site, é possível assistir a aulas em diversas áreas como negócios, artes e gastronomia. É importante ressaltar que os cursos da Udemy não são reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), porém, podem contribuir no currículo. Algumas empresas costumam aceitar cursos livres como atualização extracurricular. Além disso, a certificação da Udemy só é concedida para os cursos pagos, que custam a partir de R$ 23 reais.

Já as pessoas interessadas em dar aulas para compartilhar conhecimento ou ganhar renda extra na Internet podem se cadastrar no site como Instrutores. Para se matricular ou vender na Udemy, é necessário preencher um cadastro. O site permite pagamento por cartão de crédito, débito, Paypal e boleto bancário. Os recursos da plataforma também estão disponíveis em aplicativo para celulares Android e iPhone (iOS), além da versão web. Confira, a seguir, mais detalhes sobre a Udemy.

udemy-img1

O que é e como funciona a Udemy?

O site foi criado em 2010 nos Estados Unidos para conectar estudantes e instrutores de diversas áreas de atuação. A ideia dos criadores foi possibilitar a disseminação de conhecimento para pessoas em qualquer lugar do mundo. A empresa usa uma plataforma de ensino a distância que deixa disponível cursos em forma de vídeo em 9 áreas: desenvolvimento, desenvolvimento pessoal , negócios, TI e software, design, marketing, produtividade no escritório , saúde e fitness e música.

Os instrutores oferecem cursos e os usuários se matriculam naqueles que lhe interessam. Além de vídeos, algumas aulas contam com material de apoio como livros para baixar, artigos e podcasts. O aluno também tem acesso vitalício às aulas, ou seja, pode estudar no seu ritmo, sem uma data estipulada para terminar o curso. Ao finalizar os estudos, quem optou por cursos pagos tem acesso a um certificado. Uma das vantagens da Udemy é que o cliente pode solicitar a devolução do dinheiro caso não goste do curso em até 30 dias após a compra.

udemy-img2

Udemy é confiável?

A plataforma é utilizada por cerca de 50 milhões de pessoas em todo o mundo e conta com aulas em mais de 60 idiomas. Além disso, grandes empresas costumam utilizar os cursos para treinamento de funcionários por meio do serviço “Udemy for Business”. Entre as companhias que já utilizaram essa opção estão o Booking, Pinterest e Survey Money, por exemplo.

A Udemy também possui boa reputação no site Reclame Aqui. Até o fechamento dessa matéria, a empresa consta no site com nota 8.3, o que é considerado “ótimo”. O Reclame Aqui mostra também que a Udemy respondeu até hoje 100% das 2.525 feitas no site desde 2018.

Outro destaque é que a empresa tem uma política de uso que incentiva seus usuários a não burlarem regras que incluem, por exemplo, não negociar cursos fora da plataforma ou evitar spam, tendo um canal ativo para envio de dúvidas e denúncias.

Como comprar e fazer cursos na Udemy

O primeiro passo para se matricular nos cursos da Udemy é preencher um cadastro simples com os dados pessoais. Em seguida, basta utilizar a ferramenta de pesquisa na parte superior do site para encontrar um tema de interesse ou usar o menu de categorias para procurar um curso. O usuário pode aproveitar também filtros de pesquisa para determinar o nível do curso – iniciante, intermediário ou especialista, escolher o idioma e buscar aulas de acordo com o preço que pretende pagar.

Para ajudar na escolha das aulas, a ferramenta apresenta ainda os cursos que estão em alta e os instrutores mais populares entre os alunos, mostrando também a quantidade de cursos e alunos que cada orientador possui. Após escolher o curso, é só adicioná-lo carrinho de compras. O sistema de pagamento funciona da mesma forma que outros e-commerce.

udemy-img3

É possível encontrar cursos grátis na Udemy?

Para achar cursos gratuitos na Udemy, o usuário deve usar o campo de pesquisa do site, buscar o curso que quer e marcar a opção “gratuito” no filtro de pesquisa. Para essa operação, não é necessário fazer cadastro no site. Em abril, devido à pandemia, a Udemy lançou uma seção exclusiva de cursos gratuitos que reúne mais de 700 opções (www.udemy.com/courses/free). Vale lembrar que, além de não oferecer certificação, os cursos gratuitos não dão acesso a recursos adicionais interativos como perguntas e respostas, e mensagens diretas para os instrutores.

udemy-img4

Como vender cursos na Udemy

Para disponibilizar um curso na plataforma, é preciso fazer um cadastro como Instrutor. Basta selecionar a opção “Ensine na Udemy” na parte superior do site. Depois, é só fazer o upload do material no site e sem custo nenhum. O curso em formato de vídeo deve ter obrigatoriamente 30 minutos de conteúdo, e ser disponibilizado em cinco aulas ou módulos de aprendizado. O instrutor pode complementar a aula com materiais, por exemplo, exercícios, simulados, questionários, etc.

Antes de ficar visível para o público, o material passa por uma análise para ser aprovado. Outra dica é verificar a lista de temas restritos da plataforma que incluem, por exemplo, conteúdos com discurso de ódio, que promove violência ou de cunho antiético e ilegal. Uma das vantagens de vender na Udemy é que a plataforma não fica com os direitos autorais. O instrutor apenas concede à empresa o direito de uso e pode divulgar suas aulas em outras plataformas.

udemy-img5

Em quais plataformas os cursos estão disponíveis?

Na área de suporte da Udemy, é possível verificar quais recursos disponíveis cada plataforma suporta. O usuário também pode fazer o download do app na Google Play e na Apple Store. Também é possível assistir aos cursos da Udemy no PC, pelo Chromecast ou com a Apple TV.

img6

Quais são os cursos mais procurados?

Um levantamento divulgado em abril desse ano pela Udemy, intitulado “Edição 2020 do estudo Top 10 Skills”, apresentou os cursos mais procurados na plataforma: Microsoft Power BI; Edição de vídeo; Pintura digital/Digital painting; Express framework; Testagem de software; Inteligência artificial; Programação de sistemas; Hibernat, Adobe Lightroom e Design gráfico.

O estudo mostrou também alguns dos tópicos mais procurados pelo público. Para citar alguns, foram mencionados Chatbot, Microsoft Azure, Linux, Open CV (biblioteca de código-aberto de inteligência artificial para identificação e análise de imagens e vídeos), Redes Neurais, Ethereum, entre outros.

udemy-img7

Como é feito o pagamento de cursos na Udemy

É possível escolher as opções de cartão de débito, crédito, PayPal e boleto bancário para realizar o pagamento dos cursos. Já os instrutores cadastrados na plataforma recebem o pagamento via PayPal ou Payoneer mensalmente de acordo com quantidade de cursos vendidos.

O sistema calcula os pagamentos dos instrutores de três formas: se o instrutor fizer a venda do curso, ele recebe 97% do valor e 3% fica para a Udemy. Esse caso ocorre quando o aluno utiliza o link de referência do curso ou o cupom de instrutor. Mas, se a venda foi feita por meio empresa, isto é, o estudante se interessou pelo curso visitando a plataforma, a receita é dividida em 50% para as duas partes. Se a venda foi feita com o suporte do Programa de Afiliados ou anúncios patrocinados da Udemy, o instrutor fica com 25% da receita gerada.

udemy-img8

Compartilhe

Posts recentes

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.